Tidalectics exibe obras criadas a partir de expedição marítima

(Créditos: Divulgação)

 

Na sua frente você ouve o barulho das ondas se quebrando e o cheiro salgado do mar, mas não está na praia. Você está em Viena, na Áustria e dentro do universo da exposição Tidalectics, que reflete sobre os oceanos no mundo contemporâneo.

+ Netflix lança coleção de maconha inspirada em séries

A partir de expedições marítimas, o TBA21-Augarten convidou artistas para refletirem sobre os problemas ambientais nos dias de hoje.

A proposta é que a experiência quebre barreiras e incentive novas maneiras de se pensar e abordar nestas mudanças. Essas expedições tiveram a presença de artistas, ecologistas, escritores e historiadores ecológicos.

 

(Créditos: Divulgação)

 

Logo na entrada da exposição, o visitante tem a sensação de estar dentro do porão de um navio. Conforme se avança na exposição, sons se tornam cada vez mais presentes e telas exibem paisagens marítimas, junto com depoimentos de habitantes dos locais visitados.

+ Exposição celebra 50 anos da carreira de Antonio Manuel

Na terceira sala o chão foi coberto por um grande tablado de madeira, simulando a sensação de estar a bordo de um barco. No teto se sustenta uma rede de pesca com pedaços de madeira, bóias, garrafas plásticas e outros objetos que poderiam ser encontrados no fundo do mar.

 

(Créditos: Divulgação)

 

(Créditos: Divulgação)
Comentários
Escola Entrópica no Instituto Tomie Ohtake Museu de Arte Moderna de São Paulo