Cia. de Teatro Heliópolis promove debate sobre justiça e raça

Em junho, a Companhia de Teatro Heliópolis promove palestras com o tema justiça. Quem participa é a filósofa Viviane Mosé, no dia 15, e o promotor de justiça Gustavo Roberto Costa, no dia 29, ambas abertas ao público e com entrada franca.

Os eventos acontecem às 16h, na Casa de Teatro Maria José de Carvalho - sede da companhia - com mediação da jornalista e crítica teatral Maria Fernanda Vomero.

Estas atividades integram as ações do projeto Justiça - O que os Vereditos Não Revelam, que resultará no próximo espetáculo do grupo.

 

Viviane Mosé

(Crédito: Divulgação)

 

Em sua palestra, a filósofa aborda os seguintes temas: Sentidos e sentimentos de justiça; Relações entre justiça, ética, violência e equidade; Sensação de impunidade e desejo de justiçamento (ou vingança); e Pensar a justiça como exercício de imaginação política (e afetiva).

Viviane Mosé é poetisa, filósofa, psicóloga, psicanalista e especialista em elaboração e implementação de políticas públicas. É também mestre e doutora em filosofia pelo Instituto de Filosofia e Ciências Sociais da Universidade Federal do Rio de Janeiro.

 

Gustavo Roberto Costa

(Crédito: Divulgação)

 

O promotor de justiça discute assuntos que envolvem Percepções sobre a justiça no Brasil – justiça seletiva, justiça "injusta", justiça inoperante; Justiça como garantia dos direitos ou justiça como punição e vingança?; Violência, crime e lei: qual o papel do Estado, das instâncias de justiça e da sociedade; e Ser um promotor: desafios e responsabilidades.

Gustavo Roberto Costa é Promotor de Justiça da Infância e Juventude da Comarca de Guarujá e bacharel em Direito pela Universidade de Ribeirão Preto.

É também especialista em direito penal e criminologia pela Universidade Internacional - UNINTER – PR e mestrando em Direito Internacional dos Direitos Humanos pela Universidade Católica de Santos - UNISANTOS.

 

Comentários
Escola Entrópica no Instituto Tomie Ohtake Museu de Arte Moderna de São Paulo