Bolsa de Fotografia ZUM/IMS 2018

A Revista Zum está com edital aberto que selecionará dois projetos para serem desenvolvidos ao longo de 8 meses com o valor de R$ 65mil cada. 

O objetivo é selecionar dois projetos inéditos de artistas e fotógrafos, para que desenvolvam e aprofundem seu trabalho no campo da fotografia, nas mais diversas vertentes, sem restrição de tema, perfil ou suporte.

Os projetos serão avaliados por uma comissão constituída por curadores do Instituto Moreira Salles e um convidado externo, com trabalho reconhecido na área fotográfica. Serão consideradas a qualidade artística, a qualificação do candidato e a viabilidade prática do projeto.

(Crédito:Divulgação/Dora Longo Bahia, vencedora da bolsa de 2016)

Os ganhadores serão incorporados à Coleção de Fotografia Contemporânea do Instituto Moreira Salles. Os dois projetos ganhadores serão anunciados em julho no site.

O edital e o formulário de inscrição estão disponíveis no site da ZUM.

 

Nas edições anteriores, os projetos contemplados pela Bolsa de Fotografia ZUM/IMS foram:

- Na espiral do Atlântico Sul, de Tatewaki Nio (2017);

- A infinita história das coisas ou o fim da tragédia do um, de Sofia Borges (2017);

- Brasil X Argentina (Amazônia e Patagônia), de Dora Longo Bahia (2016);

- Sambashiva – As fotografias de Sambasiva Rao Patchineelam, de Vijai Patchineelam (2016);

- Memento, do coletivo Trëma (2015);

- Mestres de cerimônias 2015-2016, de Bárbara Wagner (2015);

- Postais para Charles Lynch, do Coletivo Garapa (2014);

- Desvio, de Helena Martins-Costa (2014);

- Zoo, de João Castilho (2013);

- Microfilme, de Letícia Ramos (2013).

Comentários
Escola Entrópica no Instituto Tomie Ohtake Museu de Arte Moderna de São Paulo