A surrealidade de Caio Reisewitz no ICP
16 2014

 

 

De 16 de maio a 17 de setembro, o  Internacional Center of Photograph (ICP) promoverá a retrospectiva do fotógrafo paulista Caio Reisewitz. Mestre em poéticas visuais pela Escola de Comunicações e Arte da Usp, Caio é também especialista em fotografia. Obteve o título na Alemanha, quando frequentou a Gutenberg-Universität Mainz e a Escola Superior de Artes de Darmstadt.

 

Desde 1997, sua produção tem tido bastante repercussão. A dúvida intencionalmente provocada é uma de suas particularidade. Caio tem predileção por lugares que tem  características artificiais, mas são reais. Inicialmente, as belas paisagens que registra provocam admiração. Após alguns instantes, surgem os questionamentos: será que esse lugar existe? Será que as cores, texturas não foram radicalmente manipuladas pelo fotógrafo?

 

Em meio às possibilidades da fotografia digital, Caio tem consciência de que faz um nó na cabeça do espectador. Sua escolha pelo desvio, pela fuga do senso comum também está presente quando aborda outras temáticas. Nas fotografias sobre o ocupação do solo  e uso arquitetônico, busca ressaltar aspectos que não façam menção a questões já abordadas.

 

Na exposição do ICP, estarão fotografias de diferentes momentos de sua carreira. Serão expostos trabalhos como “Utopias Ameaçadas”, “Tudo Vazio agora cheio de mato”. A série China é um dos destaques.  Produzida em 2013, é definida por Caio como um pequeno ensaio da sua experiência no país.

  • China X, 2013
    China X, 2013
  • China VII, 2013
    China VII, 2013
  • China VI, 2013
    China VI, 2013
  • China V, 2013
    China V, 2013
  • China II, 2013
    China II, 2013
  • China I, 2013
    China I, 2013
    Comentários
    Escola Entrópica no Instituto Tomie Ohtake Canal O Beijo no YouTube Museu de Arte Moderna de São Paulo VAMP_EROS por Luiz Roberto Guedes
    MuseuAfroBrasil