"Tempo de Viver" traz maturidade e amizades para o palco do CCSP

  •  (Crédito: Bob Sousa)
    (Crédito: Bob Sousa)
  •  (Crédito: Bob Sousa)
    (Crédito: Bob Sousa)
  •  (Crédito: Bob Sousa)
    (Crédito: Bob Sousa)

    Quatro mulheres se reúnem para passar o Ano Novo juntas. Do encontro, memórias são revividas e a amizade entre elas é celebrada. Esse é o fio condutor de Tempo de Viver, espetáculo do autor e diretor, Carlos Eduardo Colabone. A obra fica em cartaz no Centro Cultural São Paulo, de 21 de janeiro a 26 de fevereiro, com ingressos a R$ 20.

    "A maturidade provoca deslocamentos, diferenças que devem ser compartilhadas. As quatro mulheres desse tempo de viver são absolutamente convictas sobre o que pensam e falam. Elas se permitem abrir o baú e remexer o passado. Umas mais, outras menos, sem deixar diluir a forte personalidade de cada uma. Recordam juntas dificuldades e alegrias do passado para celebrar a possibilidade de tornar a vida mais compreensível e prazerosa", comentou Colabone.

    Lucélia Machiavelli, Selma Luchesi, Suia Legaspe e Valéria Lauand vivem as protagonistas que tomam conta das areias de uma praia no Réveillon. As personalidades de cada uma delas contribui particularmente com a trama: a fotógrafa viúva amorosa e insegura; a vaidosa, engraçada e exagerada dona de uma grife; a cabeleireira solteira e muito politizada; e a única casada, simples e muito religiosa. Todas, além de dividirem com o público suas histórias, tratam de outros temas, como a responsabilidade ambiental e o comportamento dos homens. 

    • Centro Cultural São Paulo (CCSP) - Rua Vergueiro, 100 - Paraíso, São Paulo
      (11) 3397-4002
      + Ver mapa
    • 21/01/2017 a 26/02/2017
    • Sextas e sábados: 21h. Domingos: 20h.
    • R$ 20,00 (inteira) e R$ 10,00 (meia).
    • Classificação: 16 anos.
    Comentários
    Escola Entrópica no Instituto Tomie Ohtake Museu de Arte Moderna de São Paulo