Poemas de Giacomo Leopardi ganham encenação de Aimar Labaki

  •  (Crédito: Adriana Elias)
    (Crédito: Adriana Elias)
  •  (Crédito: Adriana Elias)
    (Crédito: Adriana Elias)
  •  (Crédito: Aimar Labaki)
    (Crédito: Aimar Labaki)

    Até 30 de março, o Teatro Sérgio Cardoso recebe uma série de apresentações de Zibaldoni, espetáculo construído a partir da obra de Giacomo Leopardi. Dirigidos por Aimar Labaki, Adriana Londoño e Clovys Torres são os responsáveis por trazerem à cena versos, prosas e diálogos do poeta, ensaísta e filólogo italiano. Os ingressos custam R$ 60.

    Labaki não se preocupou com uma iluminação elaborada ou uma trilha sonora complexa. Seu desejo foi fazer de Zibaldoni um espaço para trabalhar o texto de Leopardi e o corpo dos atores que contariam essa história. "É poesia dita ao pé do ouvido", comentou o diretor. Através da dança, do teatro, da performance e da poesia, o espetáculo aborda questões que rondam a mente de qualquer ser humano, como o amor, a morte e o poder.

    "Buscamos um contraponto entre a ideia de crítica à modernidade presente na obra de Leopardi e a realidade concreta de dois atores imersos em tal modernidade. Não se trata de um retrato do artista, nem tampouco de uma suficiente visita à vastidão de sua obra, mas da procura da atualidade de sua poética por meio do diálogo com a cena contemporânea no que ela tem de busca de essencialidade no corpo dos atores, e na palavra ao mesmo tempo poética e épica da dramaturgia de nossos dias", completou Aimar.

    Considerado o maior poeta romântico italiano do século XIX, Giacomo Leopardi serviu de referência a autores como Nietzsche, Machado de Assis e Haroldo de Campos. Com o amor sempre ao seu lado, produziu 41 poemas, além de alguns diálogos, uma extensa correspondência e um volume de miscelânea, misto de diário e anotações filosóficas de mais de 4000 páginas.

    • Teatro Sérgio Cardoso - Rua Rui Barbosa, 153 - Bela Vista, São Paulo
      (11) 3288-0136
      + Ver mapa
    • 07/03/2017 a 30/03/2017
    • Terças, quartas e quintas: 20h.
    • R$ 60 (inteira) e R$ 30 (meia).
    • Classificação: 10 anos.
    Veja mais
    Comentários
    Escola Entrópica no Instituto Tomie Ohtake Museu de Arte Moderna de São Paulo