Peça revive o último dia da vida da escritora Sylvia Plath

(Créditos: Divulgação/Paulo Cezar Siqueira)

 

Inspirado na vida e obra do ícone da poesia confessional norte-americana dos anos 1950, Sylvia Plath, nasceu O Pulso. A autora produziu muito material literário, mas praticamente tornou-se conhecida após a sua morte.

+ O poeta da Revolução Russa ganha peça em sua homenagem

A atriz Elisa Volpatto estrela o espetáculo, que dirigido por Vanessa Bruno, escolhe como situação cênica o último dia da poetisa, que morreu jovem, aos 31 anos. Em tom confessional - categoria predominante no estilo da literatura de Plath - a personagem da poetisa tem memórias e devaneios de alguns dos momentos de sua vida.

 

(Créditos: Divulgação/Paulo Cezar Siqueira)

 

Após o espetáculo, são promovidos encontros entre o público e uma convidada para desdobrar temas que se entrecruzem com o material levantado pelo espetáculo.

  • Cemitério de Automóveis Teatro e Bar - Rua Frei Caneca, 384 - Consolação, São Paulo
    (11) 2371-5743
    + Ver mapa
  • 04/08/2017 a 25/08/2017
  • Sexta: 21h.
  • R$30 (inteira), R$15 (meia).
  • Classificação: 14 anos.
Comentários
Escola Entrópica no Instituto Tomie Ohtake Museu de Arte Moderna de São Paulo