Peça iraniana é feita sem ensaio, sem diretor e com texto lacrado

(Créditos: Reprodução)

 

Está em cartaz, de 11 a 27 de abril, no SESC Vila Mariana, a peça Coelho branco, coelho vermelho, do premiado dramaturgo iraniano Nassim Soleimanpour.

Sem ensaios, sem diretor, com um ator diferente a cada noite, e um texto esperando sobre o palco num envelope lacrado, a internacionalmente aclamada peça Coelho branco, coelho vermelho é um audacioso experimento teatral que propõe ao público vivenciar intensamente o poder transgressivo e transformador do teatro.

Proibido de deixar o seu país natal, o Irã, Soleimanpour escreveu a peça para que ela viajasse o mundo em seu lugar. O público se reúne com cada ator em uma viagem ao desconhecido; deparando-se com elementos pessoais e profundos, os limites da liberdade e, em última instância, até onde o teatro pode levá-lo.

Desde a sua estreia conjunta em 2011, a peça foi traduzida para 20 línguas diferentes e foi interpretada mais de 1000 vezes por alguns dos maiores nomes do teatro e, nesta temporada, interpretam o texto os atores Sylvio Zilber (dia 11), Denise Weinberg (dia 13), Lee Taylor (dia 18), Roberta Estrela D´Alva (dia 20), Edi Cardoso (dia 25) e Georgette Fadel (dia 27).

  • Sesc Vila Mariana - Rua Pelotas, 141 - Vila Mariana , São Paulo
    (11) 5080-3000
    + Ver mapa
  • 11/04/2017 a 27/04/2017
  • Terça e quinta: 20h30.
  • Inteira: R$20. Meia: R$ 10.
  • Classificação: 16 anos.
Comentários
Escola Entrópica no Instituto Tomie Ohtake Museu de Arte Moderna de São Paulo