Peça aborda a violência e o descarte que envolvem o feminino

A peça Isso não é um sacrifício, em cartaz no Sesc Ipiranga em 24 de março, e faz parte do Teatro Mínimo, uma série de espetáculos intimistas, baseados essencialmente no teatro de interpretação do ator ou da atriz.

É um monólogo sobre a perseguição, sobre a intolerância, mas principalmente sobre o apedrejamento diário no convívio social, onde cada um tem sua própria ideia de vida e a defende com unhas e dentes sem se importar com o outro lado dos muros que ergueram.

É, antes, sobre o feminino, como essência, em contraponto a um masculino que representa a violência e o poder. A violência, o descarte diário, o apedrejamento nosso de cada dia.

 

Legenda

 

Um texto de Fernando Bonassi, marcando o reencontro de Christiane Tricerri, na direção, com a atriz Fernanda D'Umbra, estreando seu primeiro monólogo. Um espetáculo da imobilidade, o não movimento em busca de uma fresta de luz, um fim de túnel.

“Um tema que me interessa como artista e diretora, sobre o mundo atual, um momento propício para nos tornarmos vítimas ou algozes trocando esses papéis em um piscar de olhos.” diz Christiane Tricerri.

  • Sesc Ipiranga - Rua Bom Pastor, 822 - Ipiranga , São Paulo
    (11) 3340-2000
    + Ver mapa
  • 24/03/2017 a 23/04/2017
  • Sexta: 21h30. Sábado: 19h30. Domingo: 18h30.
  • Inteira: R$ 20. Meia: R$ 10.
  • Classificação: 14 anos.
Comentários
Escola Entrópica no Instituto Tomie Ohtake Museu de Arte Moderna de São Paulo