Obra de Nelson Rodrigues segue atual pelas lentes do Pequeno Ato

"O Beijo no Asfalto": montagem nua e crua do núcleo de pesquisa do teatro Pequeno Ato (Créditos: Ana Alexandrino)

 

Unindo técnicas do teatro de rua com o conceito do site specific, a peça O Beijo no Asfalto do  núcleo de pesquisa do teatro Pequeno Ato transforma a cidade em cenário. Encenado na escadaria da Praça Central do Sesc Belenzinho, dias 9 e 10/12, o texto de Nelson Rodrigues continua atual ao discutir política, homofobia, violência policial, abuso de poder, manipulação da imprensa.

Sob direção de Pedro Granato (Fortes Batidas e 11 Selvagens), na trama, Arandir sofre um massacre midiático por dar um beijo em um homem que morria após ser atropelado. A polícia, procurando abafar escândalos, encampa uma cruzada moralista seguindo a estética do linchamento, tão comum nos dias de hoje. Utilizando coros e elementos contemporâneos, essa versão revigora o impacto da tragédia rodrigueana.

Na rua, a violência e homofobia estão muito mais latentes. O atropelamento é uma possibilidade real e a encenação joga com essa tensão entre a cena e o cotidiano ao redor.  No elenco, André Salama, Diego Dac, Fhelipe Chrisostomo, Gabriela Fontana, Gustavo Pompiani, Isabela Fikaris, Maria Eduarda Machado, Mariana Beda, Mau Machado e Roberto Garcia. 

  • Sesc Belenzinho - Rua Padre Adelino, 1.000 - Belenzinho, São Paulo
    (11) 2076-9700
    + Ver mapa
  • 09/12/2017 a 10/12/2017
  • Sábado e domingo, às 18h
  • Gratuito
  • Livre
Comentários
Escola Entrópica no Instituto Tomie Ohtake Museu de Arte Moderna de São Paulo