Nathalia Timberg estreia peça venezuelana sobre Beethoven

(Créditos: Leekyung Kim)

 

Encenada pela primeira vez no Brasil, 33 Variações chega ao Teatro Nair Bello contando a história de uma musicóloga que viaja pelo mundo em busca do motivo pelo qual Ludwig van Beethoven compôs 33 variações para uma valsa criada por Anton Diabelli. No espetáculo, Nathalia Timberg assume o papel da viajante ao lado de Wolf Maia, que dá vida ao músico, além de assinar a direção. A peça de Moisés Kaufman, traduzida pela atriz, fica em cartaz de 9 de setembro a 11 de dezembro, com ingressos a R$ 120.

Em 2009, o papel interpretado por Nathalia foi vivido por Jane Fonda, na Broadway, garantindo à produção 5 indicações ao Prêmio Tony. Além dos dois globais em cena, a montagem conta com André Dias, Lu Grimaldi, Flávia Pucci, Gil Coelho, Gustavo Engracia e mais oito estudantes de arte dramática no elenco.

 

(Créditos: Leekyung Kim)

 

O espetáculo conta duas histórias paralelas: a da estudiosa de Nova York, no século XX, e a do músico alemão na Áustria do século XIX. "As histórias das personagens estão ligadas, assim como a luta de ambos para enfrentar doenças que ameaçam seus feitos profissionais. Enquanto a surdez de Beethoven progride, a pesquisadora trava uma batalha contra a esclerose e busca recosturar laços afetivos com a filha", comenta Wolf.

O texto do dramaturgo venezuelano ainda é enriquecido pela presença da pianista Clara Sverner, interpretando a valsa 33 variações em sol maior, opus 120. "A música é a propulsora do espetáculo, o que torna a peça diferenciada e com uma dramaticidade interessante", diz Nathalia Timberg.

 

 

  • Teatro Nair Bello - Rua Frei Caneca (Shopping Frei Caneca), 569 - Cerqueira César, São Paulo
    (11) 3472-2414
    + Ver mapa
  • 09/09/2016 a 11/12/2016
  • Sexta e sábado: 21h. Domingo: 19h.
  • R$ 120 (inteira) e R$ 60 (meia).
  • Classificação: 14 anos
Comentários
Escola Entrópica no Instituto Tomie Ohtake Museu de Arte Moderna de São Paulo