Espetáculo retrata amor entre mulheres com trilha sonora temática

Canções femininas que embalam o romance entre mulheres compõem a trilha sonora de L, o Musical, que chega aos palcos do Centro Cultural Banco do Brasil - São Paulo no dia 6 de janeiro e fica em cartaz até dia 26.

Pautado por temas como a liberdade, o desejo, os afetos e a identidade humana, o espetáculo cria uma reflexão sobre as delícias e conflitos do amor lésbico.

 

(Créditos: Divulgação / Patrícia Lino)

 

A peça narra o entusiasmo da renomada autora de novelas Ester Rios - vivida por Elisa Lucinda - com o sucesso de seu primeiro folhetim a retratar um triângulo amoroso entre mulheres.

Ela divide a sua empolgação com as amigas Anne, Simone, Elle, Filipa, Léa e Xena  - interpretadas por Renata Celidonio, Gabriela Correa, Tainá Baldez e Luiza Guimarães, respectivamente - e lembra-se de Rute, personagem de Ellen Oléria, o grande amor de sua vida. 

 

(Créditos: Divulgação / Patrícia Lino)

 

Outro ponto crucial na peça é o fato das duas personagens principais serem negras. “Os corpos de Elisa e Ellen no palco trazem em si um poderoso discurso político mobilizador. Esse pretagonismo, como batizou Elisa, abala o racismo estrutural, que naturalizou a não presença de atrizes negras no centro do palco em personagens vitais para a trama”, esclarece o diretor Sérgio Maggio.

 

(Créditos: Divulgação / Patrícia Lino)

 

A trilha sonora surgiu a partir de uma pesquisa em grupos virtuais de mulheres lésbicas. O resultado final são 22 músicas de Simone, Adriana Calcanhotto, Márcia Castro, Cássia Eller, Mart’nália, Isabella Taviani, Maria Gadú, Leci Brandão, Sandra de Sá, Angela Ro Ro, Marina Lima, Maria Bethânia, entre outras cantoras que se declararam publicamente lésbicas ou bissexuais, ou que têm uma identificação afetiva com esse público.

 

  • Centro Cultural Banco do Brasil - São Paulo - Rua Álvares Penteado, 111 - Centro, São Paulo
    (11) 3113-3651 / (11) 3113-3652
    + Ver mapa
  • 06/01/2018 a 26/02/2018
  • Sexta e sábado: 21h. Domingo: 18h. Segunda: 21h.
  • Inteira R$ 20. Meia R$ 10.
  • Classificação: 14 anos.
Comentários
Escola Entrópica no Instituto Tomie Ohtake Museu de Arte Moderna de São Paulo