Mostra reúne 40 obras de Cícero Dias em retrospectiva

Fica em cartaz na Simão Assis Galeria de Arte até o dia 4 de agosto a exposição Cícero Dias, do artista pernambucano. 

Mostra reúne 40 obras do modernista pernambucano em retrospectiva inédita desde a década de 1980 e revela série de litografias denominada Suíte Pernambucana.

 

(Crédito:Divulgação)

 

Ao longo de sua vida, Cícero teve diversas fases criativas, mas foi sempre fiel ao próprio estilo. Nascido no Engenho de Jundiá, Pernambuco, mudou-se para o Rio de Janeiro na pré-adolescência para concluir os estudos no Colégio São Bento.

Ingressou na Faculdade de Arquitetura em 1925, mas não terminou o curso, pois não gostava de matemática.

A revelação como artista aconteceu após uma exposição de aquarelas em 1928, na Policlínica, no Rio de Janeiro.

Na época, a intelectualidade carioca e modernista, formada por nomes como Graça Aranha e Murilo Mendes, prestigiou a mostra marcada por traços surrealistas. O espaço abrigava um congresso internacional de psicanálise e a loucura de Cícero foi enfatizada.

Sua obra instintiva causava estranhamento até mesmo nos modernistas, que tinham influências europeias. 

O talento de Cícero era reconhecido, mas, como suas obras não tinham classificações, causavam sentimentos dualistas de admiração e desconforto.

 

(Crédito:Divulgação/ Galo ou abacaxi?)

 

“Eu não fazia construção nenhuma, meus desenhos eram muito à vontade.  Aquilo espantava os pintores como o Di, Tarsila e Segall. Creio que os meus desenhos perturbavam um pouco aqueles sistemas rígidos que eles traziam da Europa”, declarou o próprio artista.

  • Simões de Assis Galeria de Arte - Rua Sarandi, 113 – A - , São Paulo
    + Ver mapa
  • 09/06/2018 a 04/06/2018
  • Segunda a sexta: 10h às 19h. Sábado: 10h às 15h.
  • Gratuito.
Comentários
Escola Entrópica no Instituto Tomie Ohtake Museu de Arte Moderna de São Paulo