Montagem traz Hamlet às questões contemporâneas

Dinamarca, montagem do Grupo Magiluth, estreia curta temporada no Sesc Belenzinho, no dia 15 de setembro.

Um grupo de amigos se reúne à mesa após uma festa de casamento. Entre conversas políticas e sobre as relações humanas, relembram os acontecimentos da noite. Porém, contar algo ou alguma coisa, mostrará que além de uma noite trágica de festas, eles tentam ser algo que jamais serão. Esse é o ponto de partida da peça, baseada em Hamlet, de Shakespeare.  
 
Em Dinamarca, a trama do dramaturgo inglês funciona como um alicerce, mas o estado do Brasil e do mundo, em 2017, é o verdadeiro assunto que o grupo que dissecar.

 

(Créditos: Divulgação / Bruna Valença)

 

Para Giordano Castro, responsável pela dramaturgia e também ator na peça, a história de Hamlet proporciona uma variedade de abordagens, leituras e caminhos sobre a mesma obra.

“Dentro dessas possibilidades, a ideia de ficcionalizar uma bolha social do reino dinamarquês nos serve como argumento para a construção de Dinamarca. Não se trata de uma adaptação ou versão do bardo inglês. Shakespeare foi ponto de partida, um esteio ou trampolim", afirma ele.

E continua: "Trechos, frases e sentidos de Shakespeare estão lá, mas não a linearidade, ou mesmo todos os personagens. A obra shakespeariana aparece explicitamente em alguns momentos, quase que cortando a narrativa, como uma memória ancestral”.

 

(Créditos: Divulgação / Bruna Valença)

 

  • Sesc Belenzinho - Rua Padre Adelino, 1.000 - Belenzinho, São Paulo
    (11) 2076-9700
    + Ver mapa
  • 15/09/2017 a 15/10/2017
  • Sexta e sábado: 21h30. Domingo: 18h30.
  • Inteira R$ 20. Meia R$ 10.
  • Classificação: 18 anos.

Tags:

Comentários
Escola Entrópica no Instituto Tomie Ohtake Museu de Arte Moderna de São Paulo