MASP fala sobre feministas que destruíam obras

Tela "Vênus ao espelho", de Diego Velásquez, danificada pelo grupo "Women´s Social and Political Union" (Créditos: Divulgação) 

 

Com cutelos na mão, elas golpearam Vênus ao espelho (1647-1651), tela do espanhol Diego Velásquez. O ano era 1910. O grupo feminista Women´s Social and Political Union (WSPU) lutava pelo voto feminino nos Estados Unidos. Para isso, usava táticas para lá de radicais. Uma delas era a destruição de obras de arte. 

Até 14 de fevereiro, o MASP relembra a história deste coletivo, por meio da exibição da instalação Elementos de beleza: Um jogo de chá nunca é apenas um jogo de chá, de Carla Zaccagnini. A artista coloca sobre a superfície de concreto representações de molduras de vários tamanhos. Os quadrados vazios fazem alusão aos trabalhos danificados pela WSPU. 

 

Instalação Elementos de beleza: Um jogo de chá nunca é apenas um jogo de chá, de Carla Zaccagnini (Créditos: Divulgação)

 

O nome da instalação foi pego emprestado do livro que Carla escreveu sobre as sufragistas estadunidenses. Neste, ela destrincha em fotografias, fichas policiais e recortes de jornais as ações do movimento. A publicação estará presente na exposição para consulta dos visitantes.

Elementos de beleza: Um jogo de chá nunca é apenas um jogo de chá fica em cartaz até 14 de fevereiro.  O ingresso custa R$ 25. Às terças-feiras, durante o dia todo, a entrada é gratuita. Às quintas, a gratuitade vale apenas a partir das 17h. 

  • Museu de Arte de São Paulo (MASP) - Avenida Paulista, 1578 - , São Paulo
    (11) 3251-5644
    + Ver mapa
  • 13/11/2015 a 14/02/2016
  • Terça a domingo: 10h às 18h (bilheteria aberta até 17h30). Quinta-feira: das 10h às 20h (bilheteria até 19h30).
  • R$ 25,00 e R$ 12,00 (meia-entrada). Entrada gratuita: terça, o dia todo; quinta, a partir das 17h.
  • Menores de 10 anos de idade não pagam ingresso. O MASP aceita todos os cartões de crédito.
Comentários
Escola Entrópica no Instituto Tomie Ohtake Museu de Arte Moderna de São Paulo