Hoje o escuro vai atrasar para que possamos conversar

(Créditos: Jonatas Marques)

 

No final de 2017, o Grupo XIX de Teatro fez uma incursão pelo Centro de São Paulo tendo como bússola a obra de Virginia Woolf. Dessa vez, o grupo se prepara para levar as crianças para uma experiência cênica no primeiro espetáculo infantil que desenvolveram  a partir do romance De Repente, Nas Profundezas do Bosque, do escritor israelense Amós Oz.

Em cartaz até junho, no Centro Cultural Banco do Brasil, Hoje o Escuro vai atrasar para que possamos conversar tem dramaturgia de Ronaldo Serruya e direção de Luiz Fernando Marques e Rodolfo Amorim. A história se passa em um triste vilarejo onde não vivem mais animais, nem domésticos e nem silvestres. Algo muito estranho aconteceu no passado que provocou a fuga dos bichinhos e os transformou em seres quase mitológicos, lembrados apenas nas aulas da professora Rafaela. 

ANOTE NA AGENDA!!

No dia 26 de maio, após encerramento da sessão de Hoje o Escuro vai atrasar para que possamos conversar, diretor e elenco convidam o público para uma conversa sobre o processo criativo do espetáculo. A entrada é gratuita.

No elenco, Janaina Leite, Juliana Sanches, Rodolfo Amorim,Ronaldo Serruya e Tarita Souza  apresentam ao público delicados temas discutidos pela obra de Amós Oz. Como os efeitos da discriminação e do bullying, capazes de isolar as pessoas e a consciência de que o “outro” também tem medos, fragilidades e inseguranças.

“Pensamos em transformar o espetáculo em uma experiência itinerante, de modo que ela tivesse uma relação com o espaço. Chegamos à ideia de convidar a plateia para um passeio fora do teatro e dentro de sua arquitetura, passando pelo palco, pelos urdimentos, pelas coxias. Outra questão foi a interatividade, ou seja, a tentativa de promover o diálogo direto com as crianças, o que fazemos sempre em nossas peças adultas”, comenta Luiz Fernando Marques.

 
  • Centro Cultural Banco do Brasil - São Paulo - Rua Álvares Penteado, 112 - Centro, São Paulo
    (11) 3113-3651 / (11) 3113-3652
    + Ver mapa
  • 10/03/2018 a 23/06/2018
  • Sábado, às 11h (somente no dia 30 de março e de 1 a 22 de junho, sessões também nas sextas, às 11h)
  • R$ 20,00 (inteira), R$ 10,00 (meia)
  • Livre
Comentários
Escola Entrópica no Instituto Tomie Ohtake Museu de Arte Moderna de São Paulo