Germano Melo adapta Voltaire para o teatro

Com dramaturgia e atuação de Germano Melo, espetáculo é livremente inspirado em conto de Voltaire (Créditos: Divulgação)


Em cartaz no Sesc Ipiranga, Coisas Úteis e Agradáveis, escrita e encenada por Germano Melo, joga luz sobre o conto As Cartas de Amabed, do filósofo iluminista francês Voltaire (1694-1778). No palco, o público acompanha a saga do hindu Ravi em sua viagem de descoberta do outro lado do mundo. Um lugar onde sua cultura não é respeitada e ele sofre violência física e mental e termina por ser julgado, em Roma, pelo Papa. 

Dirigida por Leonardo Ventura, esta é a primeira peça do projeto Trilogia Filosófica, em que o autor e diretor mergulha nas obras dos filósofos Voltaire (dessacraliza a Igreja), Nietzsche (dessacraliza a cultura ocidental) e Michel Foucault (dessacraliza discursos/instituições).  

Na história, Ravi vivia em Varanasi, cidade sagrada da Índia, onde faz amizade com Gregório, e é convidado a viajar para Goa em plena dominação da cidade pelos europeus. Ali, Ravi é ludibriado e feito prisioneiro da Igreja, que o acusa de ser apóstata (aquele que renuncia à sua fé ou doutrinação).

Após ser fisicamente violentado e obrigado a comer carne e beber vinho – alimentos que vão contra os preceitos do hinduísmo –, Ravi é levado para Roma, onde será julgado pela Igreja Católica 

A parceria com o ator Germano Melo e o diretor Leonardo Ventura foi instigada pelo desejo de aplicar os métodos de criação estudados por ambos no Centro de Pesquisa Teatral, dirigido por Antunes Filho. Surgiu, então, o projeto de criação de um solo que colocasse em perspectiva elementos da história, filosofia e política. 

Por isso, o objetivo da Trilogia Filosófica é explorar a densidade do pensamento expresso em verbo, em teatralidade vocal, especialmente na atualidade. Período em que a sociedade questiona a supervalorização da cultura da imagem. “Me interessa que ator e plateia partilhem uma experiência, não queremos a contemplação por si só”, explicou o diretor.

  • Sesc Ipiranga - Rua Bom Pastor, 822 - Ipiranga , São Paulo
    (11) 3340-2000
    + Ver mapa
  • 26/02/2016 a 03/04/2016
  • Sexta, às 21h30; sábado, às 19h30; e domingo, às 18h30 (exceto feriado do dia 25/03 e dia 27/03)
  • R$ 20,00 e R$ 6,00 (credenciado no Sesc)
  • Classificação: 14 anos
Comentários
Escola Entrópica no Instituto Tomie Ohtake Museu de Arte Moderna de São Paulo