Eterno Efêmero é a nova exposição da Japan House

(Créditos: Divulgação)

 

Para Kengo Kuma, a madeira é o futuro da arquitetura. Responsável pelo edifício da Japan House São Paulo, e a criação do novo estádio Olímpico de Toquio, o arquiteto que se dedica à arte japonesa pré-moderna ganha exposição em São Paulo.

+ Avenida Paulista ganha espaço dedicado à cultura japonesa

Eterno Efêmero será aberta ao público na terça-feira (18/07) e quer mostrar aspectos da produção criativa de Kuma, que incorporou aos seus projetos o bambu, o washi (papel japonês) e a técnica sukyia de construção em madeira.

 

(Créditos: Kengo Kuma and Associates)

 

O arquiteto tem um extenso trabalho na arquitetura (já criou pavilhões, esculturas, demarcadores de espaço e módulos de pensamento construtivo), uma casa de chá conceitual criada com balões, tecidos e gás hélio, e Tsumiki, uma obra construída em parceria com o músico Ryūichi Sakamoto, que oferece um modelo construtivo, que incita a liberdade criativa das pessoas.

+ Espetáculo itinerante na Paulista tem falas criadas na hora

Kengo Kuma participa na segunda-feira (17/07) do debate Novos Projetos, Novos Rumos, promovido pelo Arq.Futuro. Quem quiser assistir a palestra deve se inscrever através de um formulário.

  • JAPAN HOUSE - Avenida Paulista, 52 - Bela Vista, São Paulo
    (11) 3090-8900
    + Ver mapa
  • 18/07/2017 a 10/09/2017
  • Terça a sábado: 10h às 22h. Domingo e feriado: 10h às 18h.
  • Entrada gratuita.
Comentários
Escola Entrópica no Instituto Tomie Ohtake Museu de Arte Moderna de São Paulo