Espetáculo trata dos fluxos migratórios

Entre os dias 20 e 29 de abril As Graças apresentam “Quem vem de Longe” no Parque Luz. 

‘Quem vem de longe’ fala dos que se movem, de pessoas que saem de suas terras natal para reconstruir suas histórias.

Fruto de um longo processo de pesquisa com imigrantes e solicitantes de refúgio de dois centros de acolhimento da cidade de São Paulo, o espetáculo foi pautado na experimentação de linhas poéticas multifacetadas, em uma narrativa da conversação e da reflexão que evocasse a também multifacetada trajetória de quem migra, ou de quem tenta migrar para outra terra, para outra situação ou simplesmente para outro desejo”, diz o dramaturgo Nereu Afonso.

 

Crédito:(Divulgação/João Caldas)

Três mulheres acompanhadas de uma musicista saem do ônibus e entram no espaço cênico carregadas de muitos sapatos.

Elas esboçam uma cartografia do deslocamento. Com os sapatos, criam um mapa indistinto, povoado por seres deslocados da terra natal, deslocados da sociedade atual.

Sapatos que imaginariamente remetem aos migrantes, imigrantes, andarilhos, errantes, as ausências, as permanências, as instabilidades e aos caminhos.

Seres em movimento -  mais ou menos esquecidos, mais ou menos acolhidos - com seus rastros, fissuras e fronteiras.

Dentre essa distribuição cartográfica, textos e músicas falam de temas atuais dos deslocamentos humanos ao mesmo tempo que refletem sobre o preconceito, sobre as categorias estanques e, sobretudo, sobre as respostas prontas.

As Graças que também se movem, e colocam em cena o questionamento de seus próprios passos.

Onde estamos nesse suposto mapa? É a pergunta que fazem.

  • Parque da Luz - Rua Ribeiro de Lima, s/n - Bom Retiro, São Paulo
    + Ver mapa
  • 20/04/2018 a 19/04/2018
  • Sexta a domingo: 16h
  • Gratuito
Comentários
Escola Entrópica no Instituto Tomie Ohtake Museu de Arte Moderna de São Paulo