Em peça, viciados discutem sobre grandes nomes da literatura

(Créditos: Cacá Bernardes)

 

Dostoiévski-Trip é a primeira montagem brasileira do texto de Vladímir Sorókin – um dos grandes nomes da chamada nova literatura russa – com apresentações no CCBB de São Paulo.

+ "Ribanceira" retrata o que fica no homem após catástrofe

Na peça, um grupo de viciados aguarda a chegada de um traficante que lhes prometeu trazer uma novidade. Enquanto isso, conversam, discutem (e até mesmo brigam) sobre grandes nomes da literatura mundial – Kafka, Pushkin, Cervantes, entre outros – e seus supostos efeitos.

Este, contudo, não é um encontro amistoso entre amantes das letras, e sim de um bando de pessoas que mal se conhecem, unidos apenas pela condição de viciados em literatura.

 

(Créditos: Cacá Bernardes)

 

Ávidos pela próxima dose, os personagens são lançados em uma jornada pelo universo de Fiódor Dostoiévski (1821-1881). Em contato com a prosa do romancista russo, os personagens embarcam na trip do título.

+ Peça adapta história de Cortázar com humor
Durante o processo de criação foram realizadas travessias pela cidade – uma experiência de toda a equipe pelas ruas de São Paulo que revelou, em uma sociedade viciada em excessos, um resquício de humanidade em meio ao concreto e à carência das populações de rua.

Além de contrapor o texto russo com a realidade brasileira, a pesquisa de campo evidenciou a atualidade de Dostoiévski, autor que radiografou a burguesia de sua época e sua obsessão por dinheiro, poder e prestígio.

  • Centro Cultural Banco do Brasil - São Paulo - Rua Álvares Penteado, 111 - Centro, São Paulo
    (11) 3113-3651 / (11) 3113-3652
    + Ver mapa
  • 28/10/2017 a 18/12/2017
  • Sexta, sábado e segunda: 20h. Domingo: 19h
  • R$20. Sessão gratuita no dia 13/11 (segunda): 19h30, seguida de bate-papo com o elenco e a diretora.
  • Classificação: 16 anos.
Comentários
Escola Entrópica no Instituto Tomie Ohtake Museu de Arte Moderna de São Paulo