Cinema de Stanley Kubrick: Gêneros, Autoria e Imaginário Social

Entre os dias 11 de abril e 16 de maio o Centro de Pesquisa e Formação do Sesc recebe o curso sobre o trabalho do cineasta Stanley Kubrick. 

Carlos Pereira Gonçalves, Doutor em Ciências Sociais (PUC-SP) e professor do Centro Universitário Belas Artes de São Paulo, ministrará o curso que pretende traçar um panorama de sua filmografia composta por treze longas-metragens.

Culto, rigoroso e inventivo, Kubrick é considerado um dos mais importantes cineastas do século XX. Nascido em Nova York, filho de imigrantes da Europa Oriental, o cineasta criou uma filmografia de construção imagética memorável, cujo foco central é a investigação da natureza humana, sensibilizando assim gerações amantes do cinema até hoje.

Crédito: (Divulgação)

O diretor Stanley Kubrick trafegou por vários gêneros cinematográficos como - drama, policial noir, suspense, filme de guerra, histórico, aventura, épico, ficção cientifica, comédia e terror, construindo assim uma obra autoral de temáticas e épocas históricas retratadas bastante diversas, com sua mise-en-scène moderna, roteiros premiados e direção de arte requintada e personalíssima.

Os longas-metragens serão analisados com foco em três aspectos principais de abordagem: os gêneros cinematográficos; autoria e estilo; e imaginário social e cultural de contexto.

Programa

- Panorama biográfico e histórico. Os primeiros filmes (anos 1950). O policial noir estadunidense. Longas-metragens selecionados: Medo e desejo (1953); A Morte passou por perto (1955); O grande golpe (1956).

- O cinema moderno de Hollywood, a vertente independente e a influência da nova filmografia europeia, anos 1950/60. Análise de Glória feita de Sangue (1957) e Spartacus (1960).

- A emergente cultura jovem e a produção artística contra cultural. A pauta política da Guerra Fria. Filmes de discussão: Lolita (1962) e Dr. Fantástico (1964).

- Breve histórico do gênero de ficção científica no cinema. Análise dos longas-metragens - 2001: uma odisseia no espaço (1968) e Laranja mecânica (1971).

- Autoria e estilo na obra de Stanley Kubrick. Base de discussão: Barry Lyndon (1975) e O iluminado (1980).

- O imaginário social e cultural dos anos 1980-90. Aspectos simbólicos recorrentes na obra de Kubrick. Filmes selecionados: Nascido para matar (1987) e De olhos bem fechados (1999)

  • Centro de Pesquisa e Formação do Sesc São Paulo - Rua Dr. Plínio Barreto, 285 - Bela Vista, São Paulo
    (11) 3254-5600
    + Ver mapa
  • 11/04/2018 a 16/05/2018
  • Quartas: 14h30 às 17h30.
  • Preço: R$ 80,00 (inteira); R$ 40,00 (meia); R$ 24,00 (trabalhador do comércio de bens, serviços e turismo credenciado no Sesc e dependentes).
  • Tradução em Libras disponível. Faça sua solicitação com no mínimo dois dias de antecedência da atividade através do e-mail centrodepesquisaeformacao@sescsp.org.br.
Comentários
Escola Entrópica no Instituto Tomie Ohtake Museu de Arte Moderna de São Paulo